Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Quatro estações das Adolescentes

As Quatro estações das Adolescentes

Qua | 04.10.17

Portugueses e...

 

Olá olá!

Tudo bem por aí?

Devem estar a perguntar o que vou falar neste post.

Eu estive a fazer umas pesquisas e encontrei expressões portuguesas e francesas (e a origem). Decidi partilhar com vocês. O que me deu inspiração para fazer estas pesquisas e este post foi o blog da Joana, Universidades e assim, onde tem um post com o significado de expressões e então fui à procura da origem de outras(se quiserem ver o post dela cliquem aqui http://universidades-e-coisas-assim.blogs.sapo.pt/portuguesices-8042). Vamos lá!

Imagem relacionada

 

 

 

 

 

"Guardar a sete chaves"

Significado: guardar muito bem.

Origem: Na realeza era hábito guardar as jóias em cofres fechados por muitasss chaves. Cada chave era entegue a funcionários da confiança do rei. O cofre só abria com todas as chaves.

"Meia tigela"

Significado: significa uma pessoa de valor muito baixo (já ouvi esta expressão para com objetos).

Origem: Antes, os escravos que faziam um bom trabalho recebiam uma tigela de comida. Os que faziam um mau trabalho recebiam meia tigela. Intressante?

"À grande e à francesa"

Significado: Viver muito bem, viver com luxo.

Origem: Na primeira invasão francesa, o general Junot foi viver para Portugal. Vivia num palácio (não estou a ser irónica). Era conhecido por ser luxuoso.

"Ir para o maneta"

Significado: morrer, desaparecer,...

Origem: Na época das invasões francesas, um general, chamado Loison, tinha perdido um braço numa caça ou batalha. Ele era o responsável pelas tortura dos presos. Era terrível a executá-las e por ser assim surgiu um medo dele em Portugal. Chamavam-lhe o maneta. Quando havia o perigo de alguém ser preso ou assim diziam logo: «Tem cuidado, ainda vais para o maneta» ou «Aquele já foi para o maneta».

 

Sinceramente, adorei fazer este post! Aprendi imensas coisas.

Beijinhos


 

6 comentários

Comentar post